The Girlfriend Experience

Acabei de assistir The Girlfriend Experience, do canal Starz. Se o nome soa similar ao filme de Steven Soderbergh, isso não é mero acaso: a série foi sim inspirada no filme de mesmo nome, que gira em torno de uma garota de programa de Nova York.

Bom, o que o plot prometeu -aquela excitação que todos programas que tocam na dobradinha sexo e prostituição sempre prometem- ele com certeza cumpriu. Gostei da vibe, a direção é muito boa, visualmente a série tem momentos bem sexies. A trama teve cenas que eu adorei e me deixaram na beirada do sofá: o passeio no veleiro foi um deles, assim como o estresse no escritório já mais para o final da temporada, são alguns dos excelentes momentos da série.

The Girlfriend Experience

Mas infelizmente quando as coisas interessantes não estão acontecendo, é praticamente impossível saber o que esta se passando interiormente com a personagem principal. A apatia da personagem Christine Reade me fez pensar que ela talvez sofra da síndrome de asperger.

Detesto a representação de garotas de programa deste modo: estão mortas por dentro, então ficam apáticas nas telas. E nem acho que a personagem na séria esteja de fato “morta por dentro”, pois em diversos momentos parece exatamente o oposto, que ela é curiosa e esta descobrindo coisas novas tanto sobre o submundo quanto sobre si mesma. Mas é uma pena não vermos isso mais claramente. Talvez esse seja o desejo do escritor ou diretor da série, mas foi o que mais desagradou. Vi tanto potencial e ficou faltando o algo mais.

Talvez eu tenha inconscientemente comparando com a série Secret Diary of a Call Girl, uma série top e com uma das melhores representações de garotas de programa em TV na minha opinião, que foi representada com maestria pela ótima Billie Piper e baseada na blogueira britânica Belle de Jour, que eu seguia antes do sucesso e polêmica, quando ela ainda escrevia sob seu psedônimo no Blogspot, anos atrás.

Enfim, de volta a The Girlfriend Experience, a atriz Riley Keough (neta de Elvis Presley) esta excelente no papel da fria e distante Christine Reade. Todo o cast funciona bem. Vamos ver se a série vai retornar para uma 2ª temporada e como a trama vai se desenrolar caso isso aconteça. Eu não sei se faço questão de assistir, mas vamos ver.