Mad Men, (2007-2015) AMC

Domingo é dia de Mad Men e Game of Thrones. Como já assisti os primeiros 4 episódios de GoT (depois escreverei sobre isso), posso me dedicar exclusivamente a Mad Men, que por sinal está na sua última temporada.

Mal posso acreditar que ano que vem não teremos Roger Sterling, um personagem que me cativou aos poucos e hoje é um dos meus preferidos. Mas depois de 7 temporadas, chegou a hora. Ouso dizer até que passou um pouco da hora.

Mad Men é um show excelente em vários os aspectos: roteiro, fotografia, direção, atores, set design, etc, mas pra mim, pessoalmente, já não consigo sentir empatia com grande parte dos personagens. É como se eles fossem aqueles amigos que depois de 7 anos a gente percebe que não quer mais ter como amigo. Com excessão do Roger Sterling, que fez a rota contrária. Don Draper, por exemplo, não vai mudar sua maneira de ser, já entendemos como ele é e quem ele é, e estou no ponto de dizer whatever. Sally ainda surpreende em alguns momentos, assim como Joan, se bem que esta parece estar no caminho para se tornar uma mulher amarga.

De qualquer maneira, não criei nenhuma expectativa sobre como deve ser o final. Acredito que vai seguir a linha do show e ser nos moldes “vida real”.

Vai deixar saudades, mas estou feliz porque vai acabar.

Mad Men

Em tempo: veja as ilustrações de Dyna Moe inspiradas em Mad Men. São sensacionais!