Dureza!

Ai, que dureza esta sendo me acostumar no Brasil. É claro que certas dificuldades eram de se esperar, não achei que ia chegar aqui e me sentir em casa depois de quase 20 anos morando fora, mas não imaginei que ia ser tão complicado. Atualmente quase não quero sair de casa, pois a maioria das vezes em que tenho que interagir com estranhos é um total fiasco. Muita gente grossa, incompetente, mesquinha, não dá. E geralmente pessoas que lidam com o público, que deveriam ter um mínimo de discernimento ao tratar com clientes. Excessões acontecem, mas passam a ser chamadas assim quando na verdade deveriam ser a norma. Cliente aqui é muito, mas muito mau tratado. Na melhor das hipóteses você é ignorado, e isso sim, it’s a blessing.

A cidade esta caindo aos pedaços. Ruas e calçadas esburacadas, imundas mesmo, bares invadindo mais da metade das calçadas, empurrando o pedestre para a rua. Não existe alguma lei contra isso não? No quesito limpeza, pelo menos aqui no bairro vi cestinhos de lixo em algumas esquinas, mas não em todos os bairros que visitei. A frota esta muito superior ao espaço das ruas, então vejo congestionamento mesmo em horários que não do rush. Rodizio parece que ainda esta em vigor, mas não vejo muito resultado.

E o preço das coisas? Valores iguais aos de Los Angeles, mas com uma qualidade bem inferior. E estou falando de itens básicos de supermercado mesmo, não de itens de luxo. Como uma pessoa ganhando 1 ou 2 salários mínimo consegue viver aqui? Aluguel, transporte, comida, utilities, dá prá tudo isso? Mistério absoluto. Dizem que a economia esta boa, mas a taxa de inadimplência bate recorde

Aí vejo a planilha de pagamentos dos funcionarios públicos de São Paulo. Um fiscal de imposto de renda ganhando R$28.000 por mês?!? Não consigo entender como isso é possível num país com tanta desigualdade social. E nem que a desigualdade não fosse um fator tão sério, NADA justifica um salário como este. Nem em países com uma qualidade de vida alta um servidor público ganha um salário assim, então como justificar isso no Brasil? E claro, este não é o maior salário, apenas usei como exemplo…

Só para em seguida, ler isso: “Segundo dados do Ministério do Planejamento, os agentes da PF reivindicam reajustes de R$ 7,5 mil para R$ 18,8 mil nos salários iniciais e de R$ 11,8 mil para R$ 24,8 mil nos salários dos delegados de fim de carreira.” WTF?!? Serioulsy?

E claro, não poderia deixar de citar a ferocidade consumista, a valorização do ser pelo que se tem, não pelo que se é. Foi grande a minha surpresa ao ver o que as pessoas aqui acham que lhe dão status e eu não estou sozinha: “Não há status em um Toyota Corolla, Honda Civic, Jeep Grand ou Dodge Durango.

Quanto mais as coisas mudam, mais eles ficam a mesma coisa.

2 thoughts on “Dureza!

  1. Essa é a nossa realidade. É muito mais que dureza. A gente tem que fazer milagres diários pra poder ter uma vida mais ou menos decente, com o mínimo de conforto…

Comments are closed.