Não ao Facebook

Eu detesto Facebook. Fiz uma conta assim que foi possível sem ser membro de uma faculdade e na época eu achei mais bonitinho que o Orkut, mas era chato porque não tinha quase ninguém que eu conhecia, só namorado e 1 amiga. Aos poucos fui adicionando uma pessoa ou outra, cheguei a usar e pagar FB para anúncios da minha empresa, mas a decepção veio com o “Beacon”, que abriu a privacidade das pessoas para todos e mais alguns.

Reclamei, avisei todo mundo, fiz campanha entre os conhecidos. As pessoas me chamaram de exagerada, radical. Bom, se você não se importa que todos saibam da sua vida, dos sites que você visita e até mesmo das compras que faz e se não esta vendo que FB esta se transformando num gigantesco marketing tool para lhe empurrar goela abaixo mais coisas que você não precisa, paciência. Eu deletei a minha conta, que diga-se de passagem foi uma dificuldade tremenda e não olhei para trás, esqueci de FB.

Até que recentemente eu vejo que alguns sites querem que você use sua conta de FB para acessar, para cadastrar, para participar, o tal “true login“. Hello, eu não vou fazer uma conta no FB para saber as novidades do seu produto, para testar seu software ou receber seu newsletter! Simplesmente vou clicar no concorrente que não exige mais do que um email e ás vezes nem isso.

Ontem eu li sobre o FB dividindo suas informações com sites que eles pre-aprovaram. De novo. Você visita site X e ele já sabe seu nome, data de nascimento, seus amigos, seu email, sua localidade e o que mais você tiver no seu FB. Beacon revisited. E engraçado, essa opção é a default. Quer dizer, eles assumem que você quer dividir estas info com todos e para manter alguma privacidade (haha, privacidade no FB) você precisa desabilitar nas preferencias, que vamos e venhamos, o usuário “comum” não sabe usar e vai acabar deixando como esta para não “quebrar” seu profile, isso se ele perceber o que esta acontecendo, pois o usuário “comum” é bem leigo sobre internet. Como esquecer o fiasco do “facebook login” que aconteceu mês passado, onde centenas de usuários do FB que usam o google para chegar na página de login do FB caíram numa página com uma matéria sobre o FB e começaram a reclamar, não reconhecendo o site pelo que ele é, um site de notícias com um artigo sobre o FB. Parece piada, mas a verdade é que o usuário mediano sabe pouco sobre o que esta acontecendo nos bastidores. Muita gente não sabe o que é um browser ou o que o google é uma ferramenta de busca. Não acredita? Veja o video no final do texto.

Enfim, expliquei minha antipatia com o FB e se fez sentido para você, desative sua conta por lá e diga para todos o motivo. Se não, tudo bem, mas se não quiser ser “reconhecido” em sites que nunca visitou antes porque o FB gosta de dividir seus detalhes, procure nas preferências como bloquear isso. E delete os cookies de vez em quando. E os supercookies (LSO). E use Firefox em vez de Internet Explorer. 😀

“O que é um browser?” 🙄

2 thoughts on “Não ao Facebook

Comments are closed.